Concurso Detran SP 2019 (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) conta com 200 vagas para oficial e outras 200 para agente. Remunerações iniciais chegam a R$ 4,6 mil.

sta é a última semana para quem pretende se inscrever no concurso Detran SP 2019(Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) destinado a preencher 400 vagas. O prazo termina às 14h da próxima segunda-feira (6).

Embora a autorização do certame tenha sido para 575 oportunidades, foram abertos 200 postos para oficial estadual de trânsito e 200 para agente estadual de trânsito, com exigência de ensino médio e superior, respectivamente.

No caso de agente, os interessados devem possuir formação em qualquer área de nível superior, além de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a partir da categoria “B”.

As remunerações iniciais são de R$ 1.863 para oficial e R$ 4.657,50 para agente, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Inscrições

As inscrições no concurso Detran SP 2019 podem ser feitas somente pela internet, por meio do site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br). A taxa é de R$ 45 para o cargo de oficial e de R$ 75 para agente.

Atribuições

De acordo com o edital do concurso Detran SP 2019, estão entre as funções dos cargos:

  • O oficial desempenhará atividades administrativas, como verificação, registro e expedição de documentos, seja de veículos ou de habilitação, além de atuar no atendimento ao público nas unidades de trânsito.
  • Com relação ao agente, este profissional executará atividades nas áreas: administrativa, jurídica, financeira, de recursos humanos, de controle de credenciados e de educação para o trânsito, entre outras. Também poderá atuar como vistoriador de veículos e de examinador de trânsito nas provas práticas de direção veicular. Nesses casos, o Detran SP oferecerá os cursos de formação específica para essas atividades.

Provas

A aplicação das provas do concurso Detran SP está marcada para ocorrer em 7 de julho. A seleção contará com avaliação objetiva, com 60 questões, além de uma redação. Para oficial serão 40 de conhecimentos gerais, com peso 1,  e 20 de conhecimentos específicos, com peso 3. Para agente serão 20 de conhecimentos gerais, com peso 1, e 40 de conhecimentos específicos, com peso 3. A redação contará com peso 2.

Para oficial, em conhecimentos gerais serão 20 de língua portuguesa, 5 de matemática e raciocínio lógico matemático, 5 de noções de informática, 5 de noções de direito constitucional e 5 de noções de direito administrativo. Em conhecimentos específicos serão 12 sobre o Código de Trânsito Brasileiro e oito de Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito.

Para agente, em conhecimentos gerais serão oito de língua portuguesa, 3 de matemática e raciocínio lógico matemático, 3 de noções de informática, 3 de noções de direito constituicional e 3 de direito administrativo. Em conhecimentos específicos serão 25 sobre o Código de Trânsito Brasileiro e oito de Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito.

Fonte: JC Concursos