Novo concurso PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) será destinado a quem possui ensino médio, com inicial de R$ 3,3 mil.

Agora é oficial. O governador João Doria autorizou, nesta terça-feira, 21 de setembro, por meio de publicação em diário oficial, a realização do aguardado concurso PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo). O aval é para o preenchimento de 5.400 vagas, por meio de duas seleções, sendo que a primeira será para o preenchimento de 2.700 postos em junho de 2022 e a segunda com mais 2.700 em janeiro de 2.023. Vale ressaltar que a corporação já conta, inclusive, com banca organizadora definida, a Fundação Vunesp, escolhida por meio de dispensa de licitação publicada em 12 de agosto. Com isto, a publicação do primeiro edital pode ocorrer de forma bastante rápida, ainda este ano ou, no mais tardar, até o início de 2022.

Preparatório para Soldado PM SP!

Para concorrer ao cargo de soldado é necessário possuir ensino médio, idade de 17 a 30 anos e altura mínima de 1,60m para homens e 1,55m para mulheres. Os interessados também devem possuir carteira de habilitação nas categorias “B” a “E”. A remuneração inicial é de R$ 3.318,53, incluindo salário básico de R$ 1.287,33, regime especial de trabalho de R$ 1.287,33 e adicional de insalubridade de R$ 743,87.

Normalmente, o candidato ao ingresso poderá apresentar tatuagem, exceto quando: divulgar símbolo ou inscrição ofendendo valores e deveres éticos inerentes aos integrantes da Polícia Militar e fizer alusão a ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas ou que pregue a violência ou a criminalidade; discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem; ideia ou ato libidinoso; e ideia ou ato ofensivo aos direitos humanos.

Concurso PM SP: veja atribuições do cargo

No concurso PM SP, entre as atribuições do cargo, estão: o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública, envolvendo a repressão imediata às infrações penais e administrativas e a aplicação da lei, nas diversas modalidades de policiamento, sempre primando pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, em conformidade com os princípios doutrinários de polícia comunitária, de direitos humanos e de gestão pela qualidade, por intermédio da conclusão com aproveitamento do curso superior de técnico de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, destinado a formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do cargo inicial do quadro de praças da Polícia Militar.

Fonte: JC Concursos

Posts Recentes

Receba os melhores conteúdos e fique por dentro de tudo

Cadastre seu email e fique por dentro de nossos lançamentos,
promoções e novidades exclusivas.