Concurso da PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) preencherá 190 vagas na Academia do Barro Branco. Avaliações objetiva e dissertativa ocorrem em 30 de junho.

A Fundação Vunesp divulgou a convocação para as provas da primeira fase do concurso PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) para 190 vagas de aluno oficial na Academia do Barro Branco.

Marcadas para 30 de junho, as avaliações objetiva e dissertativa serão realizadas nos períodos da manhã e tarde, respectivamente. Além da capital, haverá aplicação em Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

O conteúdo programático engloba história, filosofia, sociologia, geografia, língua portuguesa, língua inglesa ou espanhola, matemática, física, química, biologia, noções de administração pública e noções básicas de informática.

Torne-se um Oficial da Policia Militar de São Paulo

Quem pode prestar o concurso da PM SP para aluno oficial

Para concorrer ao cargo é necessário possuir ensino médio, idade de 17 a 30 anos (exceto para servidores da corporação) e altura mínima de 1,60m para  homens e 1,55 m para mulheres. A remuneração inicial da carreira é de R$ 2.988,06.

As inscrições foram recebidas entre 22 de abril e 6 de junho, mediante a realização de cadastro pelo site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br). A taxa de participação custou R$ 130.

Próximas etapas do concurso PM SP 2019

Além das provas objetiva e de redação, o processo seletivo terá:

  • exame de aptidão física;
  • exames de saúde;
  • avaliação psicológica;
  • avaliação de conduta social;
  • análise de documentos.

Sobre PM SP – Polícia Militar de São Paulo

Polícia Militar de São Paulo (PM SP) tem em sua função prioritária a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública no Estado de SP. Para fins de organização é uma força auxiliar e reserva do Exército Brasileiro, assim como os demais órgaos de segurança pública do Estado e integra o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social brasileiro e está subordinada ao Governo do Estado de São Paulo através da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP).

Em 15 de dezembro de 1831, por lei da Assembleia Provincial, foi criado o Corpo de Guardas Municipais Permanentes, composto de cem praças a pé, e trinta praças a cavalo, em atendimento ao decreto Imperial baixado pelo Regente Feijó. A Polícia Militar, assim como o Corpo de Bombeiros, a Guarda Nacional, a Marinha e Exército Fixo, faziam parte da Força Pública do Estado de São Paulo. Seus integrantes são denominados militares estaduais (artigo 42 da CRFB), assim como os membros do Corpo de Bombeiros Militar de São Paulo (CB PMESP). Atualmente, em efetivo, é a maior polícia do Brasil e a terceira maior Instituição Militar da América Latina, contando com aproximadamente 100.000 policiais.

Apostila concurso Academia do Barro Branco PM SP

Fonte: JC Concursos