O concurso PM SP 2019 para soldado é destinado a quem possui ensino médio completo, com remuneração inicial de R$ 3.1 mil.

concurso PM SP 2019 (Polícia Militar do Estado de São Paulo) para soldado deve contar com um segundo edital publicado em breve, ainda no decorrer do segundo semestre. Acontece que a autorização do certame, divulgada em 30 de março, pelo governador João Doria, prevê o preenchimento de 5.400 vagas, das quais apenas 2.700 foram oferecidas no primeiro edital, já publicado. Desta forma, quem não participou da seleção contará com outra oportunidade em breve, com mais 2.700.

Garanta sua vaga para o concurso de Soldado da PM SP

Para concorrer ao cargo de soldado é necessário possuir ensino médio, carteira de habilitação entre as categorias “B” e “E”, idade de 17 a 30 anos e altura mínima de 1,60m para homens e 1,55 m para mulheres. A remuneração inicial do servidor é de R$ 3.143,70, incluindo salário base de R$ 1.226,03, regime especial de trabalho policial no mesmo valor e adicional de insalubridade de R$ 691,94

Quem pretende participar da nova seleção já pode dar início aos estudos, tendo como base o conteúdo programático da atual seleção em andamento.

Concurso PM SP 2019 – Saiba como são as provas

As provas do concurso PM SP 2019 referentes ao primeiro edital estão marcadas para ocorrer em 28 de julho. Ao todo serão oferecidas 60 questões, sendo 20 de língua portuguesa e interpretação de textos, 14 de matemática, 14 de conhecimentos gerais, 6 de noções básicas de informática e 6 de noções de administração pública. No mesmo dia, os participantes serão submetidos a uma redação.

Posteriormente, o concurso PM SP para soldado contará, ainda, com exames de aptidão física, exames de saúde, exames psicológicos, avaliação da conduta social, reputação e idoneidade e análise de documentos.

Sobre PM SP – Polícia Militar de São Paulo

A Polícia Militar de São Paulo (PM SP) tem em sua função prioritária a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública no Estado de SP. Para fins de organização é uma força auxiliar e reserva do Exército Brasileiro, assim como os demais órgaos de segurança pública do Estado e integra o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social brasileiro e está subordinada ao Governo do Estado de São Paulo através da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP).

Em 15 de dezembro de 1831, por lei da Assembleia Provincial, foi criado o Corpo de Guardas Municipais Permanentes, composto de cem praças a pé, e trinta praças a cavalo, em atendimento ao decreto Imperial baixado pelo Regente Feijó. A Polícia Militar, assim como o Corpo de Bombeiros, a Guarda Nacional, a Marinha e Exército Fixo, faziam parte da Força Pública do Estado de São Paulo. Seus integrantes são denominados militares estaduais (artigo 42 da CRFB), assim como os membros do Corpo de Bombeiros Militar de São Paulo (CB PMESP). Atualmente, em efetivo, é a maior polícia do Brasil e a terceira maior Instituição Militar da América Latina, contando com aproximadamente 100.000 policiais.

Fonte: JC Concursos