Para concorrer ao cargo de aluno oficial da Academia do Barro Branco da PM SP (Polícia Militar de São Paulo) é necessário possuir nível médio completo e idade de 17 a 30 anos. Salário inicial é de R$ 2,9 mil.

Quem pretende ingressar na Academia do Barro Branco, da PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) pode comemorar. Acontece que neste sábado, 13 de abril, foi publicado o edital do novo concurso para oficial 2019. A seleção contará com uma oferta de 190 vagas, sem distribuição de oportunidades por sexo. As inscrições serão recebidas a partir do próximo dia 22 de abril, com atendimento até 6 de junho.

Para concorrer ao cargo de oficial do Barro Branco é necessário possuir ensino médio, idade de 17 a 30 anos (exceto para servidores da corporação) e altura mínima de 1,60m para  homens e 1,55 m para mulheres. A remuneração inicial da carreira é de R$ 2.988,06.

Curso para Oficial

As inscrições poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da organizadora, que será a Fundação Vunesp, pelo site www.vunesp.com.br

A taxa é de R$ 130. Quem deixar a inscrição para o último dia poderá efetuar o pagamento até o primeiro dia útil posterior

Atribuições do oficial do Barro Branco

Cabe aos servidores após o curso de oficiais, a gestão e comando de pessoas e análise e administração de processos, por intermédio da utilização ampla de conhecimentos na busca de soluções para os variados problemas pertinentes às atividades jurídicas e administrativas de preservação da ordem pública e de polícia ostensiva, em conformidade com a filosofia de polícia comunitária e direitos humanos, além de outras definidas em lei, por intermédio da conclusão com aproveitamento do bacharelado em ciências policiais de segurança e ordem pública, destinado a formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do posto inicial de oficial.

Processo seletivo do concurso da PM SP 2019

A seleção para o ingresso no curso de oficiais da PM SP é composta de seis etapas, incluindo provas objetivas, exames de aptidão física, exames de saúde, avaliação psicológica, avaliação de conduta social e idoneidade, além de análise de documentos.

A aplicação das provas objetivas está marcada para ocorrer em 30 de junho, no período da manhã;

O exame ocorrerá nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.

A parte objetiva contará com 80 questões, sendo 24 sobre ciências humanas e suas tecnologias (8 de história, 4 de filosofia,  4 de sociologia e 8 de geografia), 30 sobre linguagens, códigos e suas tecnologias (24 de língua portuguesa e 6 de língua inglesa ou espanhola) , 10 de matemática, 4 de física, 4 de química,  4 de biologia, 2 de noções de administração pública e 2 de noções básicas de informática.

Fonte: JC Concursos